AGEPÊ 23 ANOS DE SAUDADE

Publicado por em

Antônio Gilson Porfírio, nome artístico de Agepê, nasceu no Rio de Janeiro no dia 10 de agosto de 1942 e faleceu na mesma cidade em 30 de agosto de 1995. Começou trabalhando como transportador de bagagem e era conhecido como Ripinha e, posteriormente se tornou projetista da Telerj onde fez um grande trabalho. Ao lado de seu parceiro Canário, teve em 1975 seu primeiro sucesso nacional Moro Onde Não Mora Ninguém, que o cantor Wando regravou com propriedade, fato que popularizou ainda mais o nome do sambista.

Começou a colecionar sucessos como Moça Criança, Menina dos Cabelos Longos, Lá Vem o Trem, Sete Domingo, entre outras, para chegar ao apogeu em 2005 quando gravou Deixa Eu Te Amar, que vendeu 1 milhão de cópias e foi principal tema da novela Vereda Tropical.

Integrou a Ala de Compositores da Portela e na sua trajetória cantou em todo o Brasil e também se apresentou em alguns Países. Após complicações de uma úlcera que não conseguiu cicatrizar em virtude de uma falta de controle do diabetes aos 48 anos de idade escrevendo de forma concreta seu nome na história do Samba Brasileiro.

O maior sucesso de Agepê lançado em 1994 “Deixa eu te amar”

Carlos Ayub Calixto


Rádio79

Ribeirão Preto

Current track
Title
Artist

Background